quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

CANALIZAÇÃO 14 - CHEGOU O MOMENTO DE ABANDONAREM O CONFLITO NA VOSSA CONSCIÊNCIA

Amados irmãos,
Assalamu Alaikum!

Segue abaixo a última canalização da irmã russa TATYANA MICKUSHINA, a qual possuo. Existem mais canalizações e à medida que recebê-las, vou postando para todos.
A canalização do Sr. El Morya, refere-se aos conflitos existentes em nossa consciência, o legado sobre a Antiga Verdade e a um determinado tema: a Teosofia.
Para que não leu nada a respeito, vou publicar no próximo post um dos principais livros teosóficos, para que vocês conheçam um pouco mais sobre a Teosofia e o porque da frase: "Não existe religião superior à Verdade".
Espero que gostem!

* Abaixo da canalização, postei um texto sobre Sr. El Morya.

Paz e luz na senda,

R. Doche
- A chave é você!-


CHEGOU O MOMENTO DE ABANDONAREM O CONFLITO NA VOSSA
CONSCIÊNCIA
Senhor Morya.

EU SOU El Morya! Eu vim!
Amados, não me reconheceram? Escutem com atenção a minha vibração. Há algo que
habita para lá de todas as palavras e imagens, e esse algo é a Realidade Divina que não
pode ser confundida com qualquer outra coisa. Eu vim desta Realidade mais elevada
para vos dar o ensinamento seguinte.
Na minha última encarnação como El Morya, vim com o objectivo de transmitir aos
discípulos no Ocidente uma parte do conhecimento secreto que tinha estado ao alcance
apenas de alguns iniciados, desde os tempos da antiga Lemúria e Atlântida. O acesso a
este conhecimento foi aberto apenas a alguns desses Iniciados, que encarnaram algumas
vezes com o objectivo de manter acesa a chama da Verdade neste mundo de elevada
densidade material.
Embora o Fogo do Verdadeiro Conhecimento nunca se tenha extinguido, ele só era
acessível a um número muito limitado de pessoas, tendo-se o seu acesso mantido bem
resguardado de neófitos e leigos.
Nós, os três Mestres El Morya, Kuthumi e Djwhal Khul, encarnamos no século 19 e
tivemos a oportunidade de compartilhar parte deste conhecimento secreto. Conseguimos
criar a "Sociedade Teosófica", com o objectivo de disseminar esse conhecimento.
Devido à atitude negativa do Ocidente em relação a tudo o que vem da Índia e do
Tibete, desvalorizando o seu nível de conhecimentos em comparação com o possuído
pelas melhores mentes da época, tivemos de agir através de mediadores capazes de
receber e transmitir imagens e conhecimentos de acordo com a mentalidade
prevalecente na época. O mediador que recebeu essa informação foi Helena Blavatsky,
nossa fiel discípula e seguidora. Também utilizamos alguns indivíduos oriundos da
aristocracia inglesa para ajudarem na difusão das nossas ideias.
Uma série de livros foram escritos sob a nossa inspiração. Revimos cuidadosamente,
todas as informações que deveriam ser publicadas para expor e explicar a Verdade. E,
na verdade todos os trabalhos publicados através de Blavatsky continham a Verdade,
mas o material transmitido foi apresentado numa forma intencionalmente complicada,
de modo que o acesso a essa Verdade só fosse possível às almas que dispusessem das
chaves necessárias à sua identificação.
A nossa tarefa foi brilhantemente conseguida. Deixamos na Terra a prova material dessa
antiga Verdade sob a forma dos livros impressos por Blavatsky, embora a sua autoria
verdadeira tivesse certamente sido nossa.
Conseguimos atingir o objectivo que nos tínhamos proposto. O pensamento criativo das
melhores mentes ocidentais foi orientado na direcção certa. E as sementes do
conhecimento semeado conseguiram germinar em muitas doutrinas esotéricas do século
seguinte.
Não fomos capazes de fazer chegar os nossos Ensinamentos à Rússia. Embora este país
fosse o mais receptivo para os receber, foram feitas inúmeras tentativas por parte das
forças da ilusão no sentido de impedir que eles estivessem aí disponíveis. Assim, a sua
divulgação na Rússia foi adiada durante um século inteiro. E quando finalmente lá
chegou, esse conhecimento já havia sido diluído e superado por muitos outros
ensinamentos que tinham sido transmitidos a partir do continente americano.
E embora o Conhecimento apresentado nos trabalhos publicados por Blavatsky
estivesse na raiz desses ensinamentos esotéricos publicados na América (Movimento I
AM, Summit Lighthouse…), as distorções materialistas típicas da mentalidade
americana deformaram-nos numa extensão significativa.
A forma deliberadamente confusa como a informação foi revelada destinou-se a impedir
que a verdade chegasse a pessoas impreparadas. A sua única vantagem era o facto de
encorajar as pessoas mais cultas a ler as obras de Blavatsky, cuja autenticidade é por nós
confirmada, uma vez que participámos nós próprios na sua criação.
No entanto, as mentes dos nossos discípulos mais sinceros ficaram confusas com as
contradições entre as novas doutrinas americanizadas e aquelas que tínhamos
originalmente dado. Como aqueles novos ensinamentos eram apresentados numa
linguagem simples e clara, eram preferidos pelos nossos discípulos e seguidores.
Mas chegou o momento em que se tornou absolutamente necessário esclarecer a
contradição principal. E ele refere-se ao assunto da queda dos anjos e à questão da
queda de Lúcifer.
No ano passado, tentou-se dar uma explicação mais simples destes eventos através de
nossa mensageira Tatyana, explicando e esclarecendo a descrição que tinha sido
anteriormente apresentada em "A Doutrina Secreta" de Helena Blavatsky.
E agora devo regressar a este assunto novamente, pois ele começou a preocupar os
nossos melhores discípulos. É precisamente porque ele é referido em "A Doutrina
Secreta" que insistimos no seu estudo mais atento.
Na verdade, chocam-se neste momento dois pontos de vista, duas abordagens diferentes
da história da humanidade e da concepção da evolução do Universo. Por um lado, existe
a abordagem típica da filosofia oriental que se encontra reflectida nos sistemas
religiosos da Índia e do Tibete; por outro, existe a abordagem inerente à mentalidade
ocidental assente na ideologia peculiar do pensamento cristão e nas novas doutrinas
americanizadas acima mencionadas.
Estando geograficamente situada entre o Oriente e o Ocidente, a Rússia tem o potencial
para absorver e integrar os dois sistemas filosóficos. É por isso que viemos mais uma
vez através de um mensageiro russo esclarecer a situação. Os temas da queda dos anjos
e da rebelião dita de Lúcifer são melhor explicadas nas obras que inspiramos durante a
nossa encarnação. É por isso que chegou o momento de reavaliar o conhecimento dado
no passado e de expandir a vossa consciência sobre estas verdades. Sempre que
reflectirem sobre este assunto, não se esqueçam que cada um de vocês possui um destes
“anjos caídos” no vosso interior, que conhecem com a designação de “Corpo Búdico ou
Cristo Interno”.
Vocês não podem lutar contra uma parte de si mesmos. A vossa tarefa é ajudar este anjo
caído a regressar à sua casa Divina. Mas os vossos quatro corpos inferiores,
sobrecarregados pelo karma acumulado ao longo de inúmeras encarnações na Terra,
têm-vos impedido de o fazer.
É por isso que todos os esforços devem ser direccionados para superar a parte ilusória
de vós mesmos, o vosso ego e o karma acumulado e para elevar a vossa consciência
para o nível Crístico, o nível do vosso “Anjo-Guardião”. Esse é o próximo estágio de
evolução que irá ter lugar, independentemente da vossa insistência em manterem-se
presos a qualquer sistema que vos encerre numa via de confronto ou conflito. Releiam
os ensinamentos de Cristo e Buda. Será que eles vos sugeriram que lutassem contra os
“anjos caídos”?
Despendemos muito esforço e energia para superar a resistência da consciência externa
de Tatyana em relação às ideias sobre “anjos caídos” divulgadas através dos
mensageiros da América. Os tempos mudaram e é necessário que se elevem a um novo
nível de compreensão da Verdade Divina.
Vocês podem decidir especular. Mas não se esqueçam que existem prazos cósmicos a
cumprir. E aqueles que não o conseguirem ficarão certamente pelo caminho.
Eu Sou El Morya Khan.

Fonte: Canalizações da Grande Fraternidade Branca Universal
Por Tatyana Mickushina


Mestre El Morya


Chohan do Primeiro Raio, sustenta os atributos divinos da fé, força, poder, proteção e Vontade Divina.




Mestre El Morya é o Chohan (diretor ou dispensador) do Primeiro Raio ou Azul, que corresponde aos atributos divinos da Vontade Divina, fé, proteção, coragem e força. Seu raio gêmeo é Miriam e seu templo etérico localiza-se sobre a cidade de Darjeeling, na India. A música para entrar em sintonia com a energia desse majestoso mestre é Pomp and Circunstance, de Elgar.
Em sua última encarnação terrena, foi El Morya Khan, filho do monarca de Bangladesh. Nesta existência, ele renunciou ao trono do qual era herdeiro e abraçou a vida religiosa, tendo ascencionado em 1888. Muitas foram as obras de Mestre El Morya no serviço à Luz.

Ele foi Matusalém, o homem que viveu quase mil anos mencionado na Bíblia. Foi iniciado e instruído em vida por seu pai Enoch, com o qual construiu O Grande Templo Sagrado que não sobreviveu as guerras e saques ao longo da História. Seu padrinho espiritual era Melquizedec (para muitos, Sanat Kumara). Viveu também como Abraão, o patriarca do Povo Hebreu, sempre citado pela fiel obediência a Deus e ao Plano Divino.
Determinação, firmeza e liderança são os mais marcantes traços de El Morya, que encarnou vários reis como Nabucodonosor, da Babilônia (630 aC); Leônidas, de Esparta (532 aC); Melchior, um dos reis magos que deu aporte energético ao nascimento de Jesus; e Arthur, o unificador dos clãs da Inglaterra no século VI. Na Mongólia, foi imperador duas vezes entre os séculos XIV e XV: como Akbar, o Grande, que unificou seu povo e transmitiu-lhe os valores do monoteísmo; e Shah Jahan, o lendário construtor do Taj Mahal, um monumento ao amor até hoje cultuado no islamismo.
Em duas de encarnações na Inglaterra, foi canonizado pela Igreja Católica. Numa foi Thomas Becket (1118 - 1170), arcebispo de Canteburry martirizado por desafiar os desmandos do rei Henrique II. Na outra, Thomas Morus (1478 - 1535), pensador, estadista e advogado, escritor da obra Utopia, um tratado sobre a justiça e a igualdade social. Por suas idéias avançadas e polêmicas, foi preso e decapitado a mando de Henrique VIII.

Diz Mestre El Morya:
"A vontade de Deus é o bem. A Vontade de Deus quer a criatura livre. A Vontade de Deus quer ajustar o eixo da Terra e assim restabelecer o equilíbrio do clima. A Vontade de Deus quer que toda pessoa, por si própria, obtenha o suprimento de suas necessidades diárias. A Vontade de Deus quer que desapareçam as doenças, as mortes, as limitações de toda sorte e o desequilíbrio da mente e do corpo; quer que desapareçam a indisciplina, a impureza e a grosseria; quer que novamente brilhe a Luz Fundamental; quer que a Terra ostente, outra vez, as cores claras e brilhantes e a beleza que possuía ao ser concluída pelo Elohin."

********************************************************************************
******************************************************************* 

CANALIZAÇÃO 13 - LIMITAMO-NOS A TIRAR OS FÓSFOROS ÀS CRIANÇAS

Caros irmãos,
Que a Luz e a Força do Mestre Jesus estejam convosco!
Segue nova canalização, do Sr. Surya, do Grande Sol Central do Universo.
Ela fala sobre o karma e é simplesmente sensacional!
Que possamos manter o respeito, o amor e a verdadeira chama espiritual para conosco e nossos irmãos.
Temos muito trabalho pela frente Guerreiros de Luz!

Com amor,

R. Doche
- A chave é você!-

LIMITAMO-NOS A TIRAR OS FÓSFOROS ÀS CRIANÇAS
Senhor Surya.

EU SOU Surya e vim hoje do Grande Sol Central para vos dar, através desta
Mensageira, um ensinamento sobre o karma.
Vocês conhecem o termo “karma” como a energia que vos acompanha durante o ciclo
das encarnações terrenas. Quando nascem, recebem uma certa quantidade de energia
Divina, que é a fonte da vida no universo e utilizam-na de acordo com o livre-arbítrio
que vos foi dado por Deus. Mas a utilização que fazem desta energia nem sempre
corresponde aos pressupostos da Lei Divina. Neste caso, esta energia incorrectamente
utilizada sobrecarrega a vossa carga kármica, depositando-se nos vossos diferentes
corpos.
Além disso, a Lei da semelhança entra em vigor. Esta energia (karma) incorrectamente
qualificada acompanha-vos constantemente ao longo da vida e atrai situações que terão
que viver e ultrapassar. Isso faz-vos aprender certas lições que vos conduzirão a agir
não de acordo com a vossa vontade, mas em consonância com a Lei Divina.
Vocês criam karma constantemente sempre que agem contra a Lei Divina, em benefício
da vossa própria vontade egoísta. Portanto, o karma de cada um é directamente
proporcional ao seu nível de egoísmo e desacordo com a Lei Divina. As escolhas
correctas que fazem quando colocados em determinadas situações kármicas, ajudam-vos
a cancelar parte desse mesmo karma. Cada boa escolha aproxima-vos da vossa parte
Divina e afasta-vos da vossa parte irreal, criada pelo apego ao ego, aos bens e prazeres
materiais.
De acordo com os ciclos cósmicos, vocês descem à materialidade no início de um ciclo,
criam karma e depois deixam o mundo material (morrem), avaliando constantemente os
erros anteriores. Uma e outra vez, são colocados em situações idênticas, até que
aprendam e esgotem o vosso karma. Tal ciclo de materialidade ainda mal começou e
durará muitos milhões de anos terrestres. A esta luz, examinemos então a Dispensação
que vos foi dada através dos nossos Mensageiros anteriores, a “Dispensação da chama
violeta”. Esta dispensação permitia a transmutação kármica com a ajuda da leitura dos
decretos (textos invocatórios) de chama violeta. Processava-se do modo seguinte:
durante a leitura dos decretos, vocês identificariam os traços da vossa personalidade que
não estivessem de acordo com a Lei Divina e esforçar-se-iam por transformar essas
qualidades negativas em positivas com a ajuda da energia Divina adicional que tinha
sido atraída para o vosso mundo físico.
Ora, o que tem acontecido desde que receberam esta Dispensação? Como já sabem,
vivem num mundo dual e isso significa, literalmente, que tudo pode ser usado em favor
do bem ou do mal.
Poderão perguntar como é possível usar a leitura dos decretos de chama violeta,
destinadas à transmutação de karma em favor do mal. É muito simples e posso explicarvos
isso agora sem rodeios, porque essa Dispensação foi retirada do planeta Terra no
presente. No momento em que atraíam para vós o fluxo adicional de Energia Divina
durante a leitura dos decretos, esse fluxo era controlado através dos vossos pensamentos
e sentimentos.
E se, no momento em que recebiam essa energia adicional, os vossos pensamentos e
sentimentos não fossem de elevada pureza e se encontrassem longe da perfeição Divina,
acontecia o seguinte: em vez de transmutarem o depósito kármico dos quatro corpos
inferiores, adicionar-lhe-iam a energia que qualificaram incorrectamente no momento
da leitura dos decretos. Assim, criariam um novo karma em vez de eliminarem o
antigo.
Reparem que os decretos de chama violeta representavam uma arma poderosa que vos
foi dada neste momento difícil para o planeta. E reparem também que 90 por cento desta
energia violeta estava a formar um sedimento nos vossos corpos inferiores no momento
da leitura dos decretos porque, nesse momento, não estavam a pensar em libertarem-se
do ego e das imperfeições, mas estavam a especular sobre o que poderiam obter de Deus
em troca das muitas horas de vigília. E o que é pior é que, nos vossos pensamentos,
vocês permitiam-se julgar e condenar os vossos irmãos, negativando-os ainda mais
durante a leitura dos decretos.
Por isso, a Dispensação de chama violeta, no presente, é outorgada apenas de forma
selectiva. Ela está em vigor apenas para os grupos e pessoas que têm uma correcta
motivação interior durante a sua leitura. E esta é uma medida de precaução razoável.
Limitamos o acesso a esse poderoso instrumento àqueles indivíduos que não tenham
atingido o nível necessário de evolução da sua consciência, de modo a impedir que se
prejudiquem demasiadamente. Simplesmente tirámos os fósforos das mãos das
crianças.
O mesmo é verdadeiro em relação à minha Dispensação do dia 23 de cada mês, que
permite a transmutação do karma do mês seguinte. Ele também é outorgado de forma
selectiva.
Como poderão saber se têm ou não acesso à Dispensação? Poderão avaliá-lo em função
das realizações que já conseguiram no Caminho. Se, no presente momento, continuam a
praticar as mesmas imperfeições de há um, dois ou dez anos atrás, se continuam a
sentir-se ofendidos sempre pelas mesmas pessoas e pelas mesmas coisas, então
entenderão que esta Dispensação não vos pode ser aplicada. No entanto, nada se perde
irrevogavelmente. Se realmente decidirem abandonar a vossa parte irreal e se
manifestarem, todos os dias, a disponibilidade para o fazer, então tudo vos será reaberto.
Sentirão a chama violeta regressar à vossa vida e a ajudar-vos a libertarem-se das
imperfeições. No final, tudo é determinado pela vossa aspiração e motivação interiores.
Gostaria de vos lembrar que a leitura dos decretos e de orações não é o essencial. O
essencial será o desejo de se libertarem do ego e de dedicarem a vossa vida ao serviço
da Lei Divina. Esse desejo pode ser realizado através de qualquer acção ou situação que
enfrentem na vida. Através dessas acções e atitudes com os outros e o mundo em redor,
podem esgotar o karma de forma tão eficaz como com a leitura dos decretos. Vocês
fazem as vossas escolhas em cada momento da vida. E das duas uma: ou esgotam o
karma anterior ou criam um novo.
E nenhuma prática espiritual ou oração por mais perfeitas que sejam trarão quaisquer
benefícios para a vossa evolução espiritual, se forem executadas com objectivos
egoístas ou levianos, para vós ou para os que vos são próximos.
Há apenas um motivo verdadeiro para iniciarem uma prática ou metodologia espiritual.
O desejo de se libertarem do ego e de se aproximarem de Deus, com o objectivo de O
servir bem como todos os seres vivos. Se iniciarem qualquer prática espiritual com
qualquer outro objectivo, então criam karma.
O mesmo princípio da dualidade, inerente ao vosso mundo, funciona também na esfera
espiritual e na esfera religiosa. E, muitas vezes, uma pessoa devota do ponto de vista
humano, que frequenta regularmente os serviços e cerimónias de uma igreja, encontrase
numa etapa mais inferior da sua evolução espiritual do que alguém que nunca
frequentou os cultos da igreja, mas tem uma correcta motivação interna e aplica na sua
vida os ensinamentos que foram transmitidos por Jesus e outros instrutores da
humanidade.
Não será uma grande revelação se vos disser que há muito mais pessoas espiritualmente
avançadas fora das confissões religiosas do que entre as que agem nos quadros de um
determinado sistema religioso.
Dei-vos hoje informações suficientes para pensar. E aproveitei a oportunidade para vos
dar novas informações sobre as mudanças que as nossas Dispensações anteriores
sofreram até agora.
EU SOU Surya do Grande Sol Central. Om.

Fonte: Canalizações da Grande Fraternidade Branca Universal
Por Tatyana Mickushina


@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

CANALIZAÇÃO 12 - O CONFLITO NÃO É UM SENTIMENTO DIVINO

Olá amados irmãos!
Desejo que a energia do amor, da paz e da compreensão estejam convosco!

Segue outra canalização da Grande Fraternidade Branca Universal, pelo Amado Alpha, Pai Celestial.
É tão interessante como as coisas nos acontecem ...
Antes de postar esta canalização, eu estava travando uma "luta interna" grande, chegando à não compreender certas coisas e o porque dos acontecimentos atuais.
Ao ler a canalização, tudo ficou mais claro ... na hora certa tudo nos virá! Basta vibrarmos para que isso aconteça ... sem sofrimentos, sem lutas, sem ódio ...
Isso pode estar acontecendo com muitos de nós, assim como aconteceu comigo.
Precisamos muito nos vigiar e buscar sempre o caminho do Amor.
Espero que gostem, ficando à vontade para repassarem a outras pessoas.

Beijos de luz em vossos corações,

R. Doche
- A chave é você!" -

O CONFLITO NÃO É UM SENTIMENTO DIVINO
Amado Alpha.

Eu sou Alpha. Eu vim.
De acordo com a Lei, só posso descer ao templo de um mensageiro por convite. Tatyana
convidou-me. E agora tenho a oportunidade de falar convosco de novo. É nosso desejo
continuarmos a contactar convosco através desta Mensageira, até que haja uma
mudança de circunstâncias, externas ou internas.
O vosso mundo pode ser comparado a um pântano. Mal as vibrações no interior de
alguém começam a diferir muito da média das vibrações do mundo envolvente, as
forças que se opõem à Lei Divina começam a tentar enfraquecer essa fonte, que
consideram representar um perigo para si. Por razões diversas, as altas vibrações são
percebidas como uma fonte de perigo para quase todos os seres ou entidades ligados ao
mundo material. E, na verdade, essas vibrações de Luz constituem realmente um perigo
para elas, pois destroem tudo o que não corresponder ao Plano Divino e se opuser à
mudança para o próximo estágio evolutivo.
Os tempos mudaram. E, se antes de podermos agir através dos nossos Mensageiros, essa
acção poderia ser comparada a uma corrente de Luz, hoje em dia, assemelha-se mais a
uma catarata de Luz. Esforçamo-nos para preencher o vosso mundo com o fluxo
máximo possível de Luz. E esse fluxo vai varrer completamente o que não corresponder
ao plano Divino para a próxima fase da evolução da Terra.
Assim, a convicção e a determinação são essenciais. E a linha de frente passa pelo
coração dos nossos Mensageiros. Esta é verdadeiramente uma grande luta, exigindo
uma grande mobilização de forças. É uma nova etapa, um novo espaço de oportunidade
que, ao mesmo tempo, vê surgir uma enorme resistência por parte das forças que se lhe
opõem.
As duas forças que formam este universo e que parecem ser absolutamente opostas uma
da outra, na realidade, apenas participam na realização dos planos do Criador.
Uma destas forças contribui para a manifestação da ilusão e da criação dos mundos
manifestados. A outra força contribui para o retorno desses mundos manifestados ao seu
estado original não-manifestado e à contracção da ilusão (desaparecimento gradual dos
mundos materiais e dos apegos a eles associados).
Na primeira fase da expansão do universo, é a força que contribui para a criação da
ilusão que encontra resistência da parte da força que se esforça por preservar a paz
original. Depois de o universo cruzar um determinado ponto crítico, estas forças
invertem os seus papéis, e a resistência passa a vir do lado da força que se esforça para
preservar a ilusão (situação que prevalece no presente).
Estas são as forças, nomeadas em diferentes sistemas de visão do mundo, como Yang e
Yin, os aspectos masculino e feminino, as forças do Bem e do Mal. Como podem ver,
ambas são uma parte necessária do plano do Criador. Elas complementam-se uma à
outra e quanto mais denso se torna o mundo manifestado, maior será o nível de
hostilidade e conflito entre elas. Ao invés, quanto mais subtis forem os mundos, tanto
mais harmoniosa será a sua interacção.
A superação, no interior da vossa consciência, da aparente hostilidade entre estas duas
forças é um dos principais ensinamentos que têm que aprender e dominar durante a
vossa peregrinação pelos mundos materiais. O sentimento de luta não é um sentimento
Divino. É inerente somente aos mundos densos. E a interpretação do significado da
“luta nos céus” que é dada em muitos dos vossos ensinamentos religiosos tem um
sentido completamente diferente, que depende do nível de consciência dos seres durante
a sua evolução. Houve um tempo em que se interpretava essa luta como uma batalha
entre anjos no céu. Isso correspondeu ao nível de consciência da humanidade nessa
fase.
Agora chegou o momento em que é necessário mudar, na vossa consciência, essa
imagem dos “anjos em luta” e substituí-la pela imagem da interacção entre duas forças
básicas do universo, de cuja oposição nasce e se desenrola toda a evolução cósmica.
Quanto mais correctamente apreciarem a interacção entre essas duas forças, menos
dolorosa será a transição do vosso planeta para um novo nível de compreensão da
Verdade Divina.
A correcta compreensão da batalha que ocorre neste mundo evitar-vos-á muitos erros no
caminho espiritual e defender-vos-á da tentação de defenderem pela força (física ou
verbal) o vosso entendimento da verdade. Podem afirmar a verdade, mas não precisam
de lutar com todos, os que, na vossa opinião, a entendem de forma incorrecta e que, por
tal, deveriam ser punidos e julgados.
Deixem o privilégio do julgamento para aqueles que têm real capacidade para o fazer.
Não tentem julgar com a vossa consciência humana, coisas que estão muito além da sua
compreensão. Fiquem em paz, mantenham o sentimento de amor e harmonia e tudo o
mais virá ter convosco. Eu vim especialmente dar-vos este importante ensinamento.
Espero que me tenham compreendido.
Eu sou Alpha, o Pai Celestial.

Fonte: Canalizações da Grande Fraternidade Branca Universal
Por Tatyana Mickushina

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&
*********************************************************************************
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

MENSAGEM DE SURYA - MUDANDO-SE A SI MESMOS, MUDARÃO O MUNDO



Amados irmãos,
Que a paz e luz do Mestre Jesus estejam convosco!
Segue uma linda mensagem do Sr. Surya, do Grande Sol Central do Universo, recebida por irmãos de Portugal.
Recomendações Importantes:
Antes desta e de  outras leituras, é recomendado que estejamos em um estado mais elevado de consciência, da maneira mais elevada que conseguirmos alcançar.
Para isso, uma oração, meditação, lugar tranquilo, boa música, etc ... ajudarão bastante.
A Mensagem de Surya me fez refletir ainda mais sobre a importância deste estado para que possamos assimilar e multiplicar o bem através de nossas leituras e pensamentos. Além disso, seus conselhos servirão para alcançarmos um grau cada vez mais elevado de proximidade com o Pai.
Espero que gostem!

Com carinho e amor,

R. Doche
- A chave é você! -


MUDANDO-SE A SI MESMOS, MUDARÃO O MUNDO 

SURYA
22 de Dezembro de 2013


EU SOU Surya.
Estou muito feliz com este nosso novo encontro! Na verdade, fico muito alegre e satisfeito sempre que tenho a oportunidade de enviar as minhas mensagens para o vosso mundo.

Amados, é-vos impossível sequer imaginar toda a grandeza da misericórdia que vos é concedida ao receberem as nossas mensagens, vindas através dos mundos e do nosso Mensageiro.
O vosso estado de consciência não permite que compreendam e entendam completamente a profundidade deste milagre Divino. Se estivesse no vosso lugar, pensaria no porquê desta Divina Misericórdia, nesta dispensação, neste milagre Divino que vem ocorrendo por um período tão significativo de tempo.
É muito fácil de explicar, amados: os Céus estão preocupados com a situação que se formou na Terra e aproveitam todas as oportunidades para transmitir as Energias Divinas para o vosso mundo.
Cada ciclo das nossas mensagens transporta uma enorme quantidade de energia Divina para a Terra. Usamos cada pessoa que lê as nossas mensagens e que tenha purificado os seus corpos, mesmo de forma ligeira, como condutores dessa energia. Não é importante o lugar onde essas pessoas se encontram. Chegamos a cada uma diretamente, utilizando as oportunidades da Internet. O néctar da energia Divina pode penetrar através dos vossos corpos e imbuir o espaço onde cada um se encontra.
É assim que saturamos o espaço da Terra com as nossas energias. E essa é uma das razões pelas quais continuamos a transmitir as nossas mensagens. Atualmente, apenas poucas pessoas encarnadas conseguem manter a sua consciência ao nível do Divino. Assim, as nossas mensagens ajudá-las-ão, permitindo-lhe elevar as suas vibrações, pelo menos durante algum tempo e trazê-las para mais perto do nível Divino.
O mundo é um espelho que reflete a vossa consciência. Assim, ajudando-vos a manter a consciência a um nível elevado, podemos mudar o mundo em redor.
É claro que o nosso impacto na vossa consciência não é tão forte como o impacto dos vossos meios de comunicação de massa. Nós não podemos competir com eles. O que acontece é que, em geral, tudo o que um ser humano absorve a partir dos programas de TV, da Internet e outras fontes de informação de seu mundo instala-se no seu subconsciente e impede a recepção da energia Divina pura. É por isso que, atualmente, a maioria da humanidade não pode transmitir energias Divinas para o mundo. Daí o fato de o mundo sofrer uma falta crônica de energia Divina e de a humanidade desenvolver estados inferiores de consciência, centrados na depressão, ódio e agressividade.
Ao desenvolver esses estados inferiores de consciência, a própria pessoa e os seus familiares mergulham, inevitavelmente, na ilusão (desejos, vícios, conflitos…) produzida por eles.
O vosso mundo é um mundo refletido, um mundo ilusório. Tudo no vosso mundo é construído de acordo com as vibrações médias da humanidade (que são muito baixas). Ao estarem constantemente imersos nesses estados inferiores de consciência, vocês conectam-se às ilusões exteriores por eles geradas.
Entendem isso, amados? Tudo o que está presente na consciência manifesta-se e reflete-se automaticamente no vosso ambiente exterior. Assim, se estão sempre profundamente mergulhados no mundo das notícias, onde há violência, agressão, revoluções e distúrbios de massa, depois de algum tempo, tudo isto começa a se manifestar na vossa vida exterior.
É assim que a humanidade se vai afundando cada vez mais profundamente na realidade não-Divina.
E é por isso que, neste momento, as nossas mensagens e as energias que delas emanam são a única ajuda que pode ser proporcionada à humanidade.
Muitos de vocês poderão perguntar: Como podem estas mensagens lidas apenas por um número reduzido de pessoas mudar o mundo?
Amados, nós nunca desperdiçamos a energia Divina. Qualquer ato de Misericórdia Divina é sempre cuidadosamente ponderado nos Altos Conselhos do Universo antes de ser concedido.
As nossas energias sutis podem neutralizar uma enorme quantidade de energias negativas do vosso mundo. Este é o trabalho que realizamos para manter o equilíbrio do planeta. E cada um de vocês pode participar desta grande obra para a salvação da humanidade da Terra.
Com os nossos esforços conjuntos seremos capazes de mudar a situação do planeta. Para vocês, é suficiente lerem (e aplicarem) diariamente uma das nossas Mensagens transmitidas através da nossa mensageira, sequencialmente, segundo a sua ordem cronológica.
As nossas mensagens podem mudar o vosso estado de consciência. Inevitavelmente, o vosso contexto mudará de acordo com o nível de cada um. Não podemos prever a situação com antecedência, pois não sabemos quantas pessoas vão responder ao nosso apelo e ler as nossas mensagens. O estado interior em que as começarem a ler é muito importante. Para que o vosso trabalho seja mais eficiente, devem preparar-se interiormente para a sua leitura e lê-las apenas no estado mais elevado que puderem alcançar. Apenas neste caso, serão capazes de transmitir a energia Divina para o mundo envolvente.
Através das nossas mensagens foram-vos fornecidas mais de uma centena de ferramentas para que se possam colocar em sintonia com o nosso mundo antes da sua leitura. Algumas, como a leitura de rosários, orações ou meditações, foram escritas pelo Mensageiro, a nosso pedido.
Para se prepararem para a leitura das nossas mensagens, devem dedicar pelo menos uma hora para o trabalho espiritual antes da sua leitura.
Vocês não têm que usar todas as ferramentas que foram dadas. Podem escolher por si mesmos o que melhor vos convier: orações, rosários, meditações, filmes ou música suave.
Comecem a ler as mensagens somente quando tiverem harmonizado completamente todos os corpos, pensamentos e sentimentos.
Mudando-se a si mesmos, mudarão o mundo em redor.
Não pensem que será fácil trabalhar para transformar a vossa consciência. Irão precisar de toda a vossa determinação para cumprir todas as instruções dos Mestres contidas nas nossas mensagens. Em primeiro lugar, têm que desistir dos vossos maus hábitos, incluindo a audição de tipos agressivos de música, do abuso da energia sexual, o vício de ver televisão permanentemente e de todas as manifestações inferiores (agressividade, sensualidade, coscuvilhice) na Internet.
Irão necessitar de toda a força de vontade e determinação para seguirem o caminho da transformação da vossa consciência.
Somente aqueles que conseguirem cumprir as nossas recomendações e solicitações serão capazes de atingir a recompensa final - o acesso ao mundo divino, o Reino de Deus, a manifestação exterior do vosso estado interno de consciência.
Eu estive convosco hoje.

EU SOU Surya. 


&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

MENSAGEM DE ARCANJO MIGUEL

Caros irmãos,
Assalamu Alaikum!

Postarei hoje uma canalização forte de Arcanjo Miguel, recentemente recebida pelo mensageiro Carlos Carvalho.
Antes de qualquer coisa: Não temam mal algum! Orem, vigiem seus pensamentos. Confiem no Pai!
Apenas trabalhem firmes e fortes para controlar o mal que existe em nós mesmos!
É tempo de acordarmos e retirar todos os "véus" que disfarçam e encobrem a ilusão do mundo em que vivemos. Não sejamos tolos.
Que juntos, possamos mudar o mundo.
Sejamos todos verdadeiros Guerreiros da Luz!

Beijos fraternos de paz e amor,

R. Doche
- A chave é você! -

Mensagem de ARCANJO MIGUEL
  
Lajes, 25.01.2014. 11.14h.

Amados Filhos da Terra, sede cautelosos e deixai de lado as possessões, apreensão, tão habitual em vós e aos vossos apegos, porque é o tempo de mudardes.
Tendes de entrar urgentemente no Espírito do Amor Universal e seguir a Doutrina do Coração, integrando o sentido da responsabilidade no Trabalho, o qual deve ser dignificado, executado com a consciência do dever a cumprir, para o bem de todos e o interesse e progresso do planeta e da Humanidade com Espírito Coletivo.
Isto é o despertar do sentimento Fraternal e da consciência da Unidade.
Unide-vos, pois o combate contra Satanás tem de ser feito e há um Satanás vivo em cada ser Humano que se desconhece a si mesmo.
É o tempo de anular a ditadura que Satan impôs ao homem e de deixar fluir todo o imenso Rio do Bem que jaz latente e ignoto da grande maioria dos seres humanos. Satan quer reinar entre escravos sem vontade. Tem no domínio das nações, das religiões e em todos os setores, agentes seus controlando. Há anos que um seu súdito, dentro do Império, controla o planeta Terra com o seu sistema globalizante e a redução e estabelecimento da tirania econômica. O Imperador Troikanus II, Senhor de Sartangesh, é o Regente Arcontico que tomou conta da Terra e enviou para cá a sua filha, a Rainha Maedrhiagahk que está sentada no Governo Secreto do Mundo com todos os Caimitas.
Para isso só o próprio homem pode ajudar, uma vez que “matar” o Diabo não significa exatamente matar no sentido literal, mas dominar a consciência Satânica em cada ser humano, domando o "Diabinho" que cada um é potencialmente (pela sua natureza decaída herdada), permitindo estancar o rio que alimenta todas essas inferioridades (sentimentos negativos de baixas vibrações; medos; sensualidade excessiva e lascívia com processos de erotismo escravizante e aviltante; desejos e paixões descontroladas; emoções fortes e violentas com pulsão egocêntrica, tais como ciúmes, invejas, ódios e raivas, na base todos os crimes; ganância desmedida...) ajudando-se a si mesmo a caminhar no Caminho que eleva e pode ascendê-lo.
Isso vai fazer com que o Demônio pessoal de cada um assuma a sua mutação para se tornar uma Alma Humana e aí, subir a Escada Ascendente que o levará a reconquistar o seu lugar como Anjo.
É preciso o Homem libertar-se urgentemente porque a Terra está no momento certo da viragem e quem não a acompanhar será deixado atrás como lastro não prestável no momento cósmico em que estamos. A Terra é um planeta ascensionante. A todos vós vos compete participar nesta parte se não quereis ser tidos por “imprestáveis”.
Vos envolvo na Luz e Amor do Cristo Senhor Nosso. 


MIGUEL
Através de Carlos Carvalho 

*********************************************************************************
***************************************************

CANALIZAÇÃO 11 - MUNDOS DISTANTES AGUARDAM-VOS

Paz, luz e amor é o que desejo a todos!

Na sequência das canalizações, segue outra "pérola".
Espero que possamos "viajar" além das nossas capacidades físicas deste mundo.
Boa leitura e boa viagem !

Beijos de luz,

R. Doche
- A chave é você! -

CANALIZAÇÃO 11

MUNDOS DISTANTES AGUARDAM-VOS

Eu Sou o Que Sou.

EU SOU O QUE EU SOU e falo-vos a partir do vosso interior.
Moderação e harmonia são as qualidades que um mensageiro deve ser capaz de
manifestar para receber ensinamentos dos planos superiores. Sem essas qualidades, é
impossível atingir o estado de separação absoluta de tudo o que vos rodeia no plano
físico e desligar a vossa consciência da realidade circundante.
É possível visualizar o processo de abandonar o corpo e ascender para os planos mais
altos como se se tratasse da escalada de um pico. O processo de ascensão aos planos
mais elevados está relacionado com o aumento do nível de vibrações. Se os vossos
corpos físicos estivessem melhor preparados para estas viagens através do espaço e do
tempo, ser-vos-ia possível atingir um nível de vibrações tal que se deslocariam
facilmente em qualquer sistema de mundos.
No entanto, o vosso templo físico, o transmissor de vibrações físicas é muito rudimentar
e tem dificuldade em suportar mesmo um aumento insignificante de vibração. Nós
utilizamos os corpos superiores para efetuar as nossas viagens. Embora em muitas
pessoas comece a despertar uma certa sensibilidade para com esses corpos,
infelizmente, os órgãos superiores da maioria estão danificados a tal ponto que não
possuem a forma, resistência e a leveza necessárias para suportar esse processo.
O estado dos corpos superiores é totalmente dependente do nível de consciência de um
ser humano. Portanto, as viagens para mundos distantes são simplesmente inacessíveis à
maioria da humanidade. Vocês são os vossos corpos superiores, mas apenas nos
mundos superiores. E o desenvolvimento da vossa mobilidade nos mundos superiores é
proporcional à capacidade da vossa consciência de os percepcionar. Geralmente, a
maioria das pessoas não é capaz de ascender para lá das camadas do chamado plano
astral denso. Mas essas camadas não vos desligarão da materialidade da terra nem vos
permitirão visitar os planos mais subtis do universo.
Portanto, neste tempo de mudança, começa a emergir a tarefa de perceber os mundos
superiores e de aperfeiçoar os corpos mais elevados, com o objetivo de desenvolver a
capacidade de aí se movimentarem.
Deverão adquirir a habilidade de deixar o corpo físico e viajar por todos os mundos
suprafísicos. Esta qualidade é inerente ao futuro nível de desenvolvimento da
consciência humana, juntamente com a capacidade de se libertarem do "traje protetor"
de carne, que vos prende ao mundo material.
Mundos distantes estão abertos para as vossas visitas e aguardam-vos. Mas para isso é
necessário que assumam um estado de leveza e se libertem das cargas dos vossos
débitos kármicos neste planeta. A capacidade de separação dos corpos e de viajar
através do espaço utilizando os corpos mais elevados encontra-se agora muito mais
próxima da evolução humana, quando o homem se transformar num Ser cósmico e
deixar de ser uma pequena criatura acorrentada à estrutura deste planeta.
Este estágio da evolução humana ser-vos-á revelado assim que completarem a
escolaridade na terra. Mas isso ainda demorará bastantes anos terrestres.
Gostaria de abordar convosco o tema da “ascensão”. Não é justo dizer que, através dos
Mensageiros anteriores vos foram dadas informações incorretas sobre a ascensão.
Contudo, é necessário ter consciência de que a perspectiva da ascensão como um
processo segundo o qual deixarão o vosso mundo físico para sempre e passarão a existir
em planos superiores, não irá acontecer exatamente como poderiam imaginar.
Vocês estão a ascender gradualmente, movendo-vos de raça para raça, de um ciclo
cósmico para outro. No entanto, a ascensão entendida como um estágio evolutivo final,
a partir do qual nada mais existe para aprender ou fazer, é uma perspectiva errada
porque a evolução é um processo ilimitado que não termina nunca.
Em cada dia, a vossa consciência expande a sua capacidade vibratória, adquirindo mais
e mais liberdade até chegar àquele nível energético que vos permitirá a libertação dos
laços materiais. No vosso interior, há uma parte que já os atingiu: é o vosso Cristo
Pessoal ou Eu Superior. Esta é a parte que vos irá permitir romper as cadeias que ainda
vos amarram à materialidade da Terra.
É absolutamente necessário que sejam capazes de estabelecer esta ligação com o Eu
Superior. E, nos dias de hoje, esta ligação está-se a tornar uma realidade para um
número cada vez mais vasto de seres encarnados.
Ao elevarem o vosso nível energético, serão capazes de adquirir a oportunidade de
comunicação com o vosso Cristo Pessoal, o Eu Superior, com a Presença EU SOU. Se
se disponibilizarem para criar essa oportunidade de comunicação, mais cedo ou mais
tarde ela materializar-se-á.
Uma vez aconteceu a Tatyana deixar de ouvir as respostas do seu Eu Superior. Foi um
choque para ela. Isso significa que o processo de comunicação com Ele se tornou tão
natural que simplesmente não conseguia imaginar a sua vida sem ele.
O mesmo pode ser dito acerca da consciência. A menos que assumam esse projecto de
comunicação com o vosso Eu Superior e com os mundos subtis, não serão capazes de
adquirir qualquer experiência de comunicação. Se não quiserem aprender a nadar, não
aprenderão. Para o fazerem, têm de decidir primeiro entrar na água.
Quem ler estes ensinamentos e perceber o que neles é dito será capaz de nadar e de
comunicar com o Eu Superior. Mas, se não quiserem entrar na água, ninguém vos pode
obrigar a fazê-lo. A decisão tem de ser exclusivamente vossa. Existem muitos métodos
de comunicação com o Eu Superior. Falar-vos-ei do mais simples. Imaginem que têm
um amigo. O vosso melhor e mais devotado amigo que habita o vosso interior. Este
amigo sempre vos amou e aspirou a ajudar-vos tanto quanto o permitissem as
circunstâncias difíceis de vossa vida.
Muitas vezes, nessas situações, tiveram necessidade de recorrer aos conselhos de um
amigo. Procuraram-no fora de vós mesmos, aspirando a comunicarem com ele. Mas
neste momento, o vosso mais devotado amigo, aquele que habita o vosso interior, está
pacientemente à espera que lhe dirijam a atenção, pois está pronto para comunicar
convosco, repleto de amor e sentimentos amistosos. Atentem no que diz.
Escolham um momento tranquilo em que ninguém vos vá incomodar. Desliguem tudo o
que vos possa perturbar. Encontrem uma posição confortável. Concentrem-se no
coração. Perguntem ao Eu Superior se quer comunicar convosco. Como saber se a
resposta for um "sim"? Se escutarem atentamente, poderão sentir essa resposta como
uma sensação muito subtil, uma palpitação do coração.
Deverão aprender a sentir a maneira que o Cristo interno escolhe para responder. E ele,
certamente, responder-vos-á de uma forma que entendam.
Das primeiras vezes, pode até acontecer não ouvirem qualquer resposta. Não se forcem
nem se cansem. Repitam a tentativa no dia seguinte. Façam-no diariamente. Descubram
a hora do dia mais conveniente. Não parem de tentar. Falem com o Cristo Pessoal como
se falassem com o amigo mais próximo. Digam-lhe que o amam e desejam comunicar
com ele. E, mais cedo ou mais tarde, a comunicação ocorrerá.
Desejo-vos sucesso no Caminho. Virá certamente o tempo em que falaremos
directamente um com o outro. Por agora, falarei convosco através do vosso interior, tal
qual o faço agora com este nosso Mensageiro.
Eu Sou o Que Sou. OM.

Fonte: Canalizações da Grande Fraternidade Branca Universal
Por Tatyana Mickushina

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++