quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

CANALIZAÇÃO 13 - LIMITAMO-NOS A TIRAR OS FÓSFOROS ÀS CRIANÇAS

Caros irmãos,
Que a Luz e a Força do Mestre Jesus estejam convosco!
Segue nova canalização, do Sr. Surya, do Grande Sol Central do Universo.
Ela fala sobre o karma e é simplesmente sensacional!
Que possamos manter o respeito, o amor e a verdadeira chama espiritual para conosco e nossos irmãos.
Temos muito trabalho pela frente Guerreiros de Luz!

Com amor,

R. Doche
- A chave é você!-

LIMITAMO-NOS A TIRAR OS FÓSFOROS ÀS CRIANÇAS
Senhor Surya.

EU SOU Surya e vim hoje do Grande Sol Central para vos dar, através desta
Mensageira, um ensinamento sobre o karma.
Vocês conhecem o termo “karma” como a energia que vos acompanha durante o ciclo
das encarnações terrenas. Quando nascem, recebem uma certa quantidade de energia
Divina, que é a fonte da vida no universo e utilizam-na de acordo com o livre-arbítrio
que vos foi dado por Deus. Mas a utilização que fazem desta energia nem sempre
corresponde aos pressupostos da Lei Divina. Neste caso, esta energia incorrectamente
utilizada sobrecarrega a vossa carga kármica, depositando-se nos vossos diferentes
corpos.
Além disso, a Lei da semelhança entra em vigor. Esta energia (karma) incorrectamente
qualificada acompanha-vos constantemente ao longo da vida e atrai situações que terão
que viver e ultrapassar. Isso faz-vos aprender certas lições que vos conduzirão a agir
não de acordo com a vossa vontade, mas em consonância com a Lei Divina.
Vocês criam karma constantemente sempre que agem contra a Lei Divina, em benefício
da vossa própria vontade egoísta. Portanto, o karma de cada um é directamente
proporcional ao seu nível de egoísmo e desacordo com a Lei Divina. As escolhas
correctas que fazem quando colocados em determinadas situações kármicas, ajudam-vos
a cancelar parte desse mesmo karma. Cada boa escolha aproxima-vos da vossa parte
Divina e afasta-vos da vossa parte irreal, criada pelo apego ao ego, aos bens e prazeres
materiais.
De acordo com os ciclos cósmicos, vocês descem à materialidade no início de um ciclo,
criam karma e depois deixam o mundo material (morrem), avaliando constantemente os
erros anteriores. Uma e outra vez, são colocados em situações idênticas, até que
aprendam e esgotem o vosso karma. Tal ciclo de materialidade ainda mal começou e
durará muitos milhões de anos terrestres. A esta luz, examinemos então a Dispensação
que vos foi dada através dos nossos Mensageiros anteriores, a “Dispensação da chama
violeta”. Esta dispensação permitia a transmutação kármica com a ajuda da leitura dos
decretos (textos invocatórios) de chama violeta. Processava-se do modo seguinte:
durante a leitura dos decretos, vocês identificariam os traços da vossa personalidade que
não estivessem de acordo com a Lei Divina e esforçar-se-iam por transformar essas
qualidades negativas em positivas com a ajuda da energia Divina adicional que tinha
sido atraída para o vosso mundo físico.
Ora, o que tem acontecido desde que receberam esta Dispensação? Como já sabem,
vivem num mundo dual e isso significa, literalmente, que tudo pode ser usado em favor
do bem ou do mal.
Poderão perguntar como é possível usar a leitura dos decretos de chama violeta,
destinadas à transmutação de karma em favor do mal. É muito simples e posso explicarvos
isso agora sem rodeios, porque essa Dispensação foi retirada do planeta Terra no
presente. No momento em que atraíam para vós o fluxo adicional de Energia Divina
durante a leitura dos decretos, esse fluxo era controlado através dos vossos pensamentos
e sentimentos.
E se, no momento em que recebiam essa energia adicional, os vossos pensamentos e
sentimentos não fossem de elevada pureza e se encontrassem longe da perfeição Divina,
acontecia o seguinte: em vez de transmutarem o depósito kármico dos quatro corpos
inferiores, adicionar-lhe-iam a energia que qualificaram incorrectamente no momento
da leitura dos decretos. Assim, criariam um novo karma em vez de eliminarem o
antigo.
Reparem que os decretos de chama violeta representavam uma arma poderosa que vos
foi dada neste momento difícil para o planeta. E reparem também que 90 por cento desta
energia violeta estava a formar um sedimento nos vossos corpos inferiores no momento
da leitura dos decretos porque, nesse momento, não estavam a pensar em libertarem-se
do ego e das imperfeições, mas estavam a especular sobre o que poderiam obter de Deus
em troca das muitas horas de vigília. E o que é pior é que, nos vossos pensamentos,
vocês permitiam-se julgar e condenar os vossos irmãos, negativando-os ainda mais
durante a leitura dos decretos.
Por isso, a Dispensação de chama violeta, no presente, é outorgada apenas de forma
selectiva. Ela está em vigor apenas para os grupos e pessoas que têm uma correcta
motivação interior durante a sua leitura. E esta é uma medida de precaução razoável.
Limitamos o acesso a esse poderoso instrumento àqueles indivíduos que não tenham
atingido o nível necessário de evolução da sua consciência, de modo a impedir que se
prejudiquem demasiadamente. Simplesmente tirámos os fósforos das mãos das
crianças.
O mesmo é verdadeiro em relação à minha Dispensação do dia 23 de cada mês, que
permite a transmutação do karma do mês seguinte. Ele também é outorgado de forma
selectiva.
Como poderão saber se têm ou não acesso à Dispensação? Poderão avaliá-lo em função
das realizações que já conseguiram no Caminho. Se, no presente momento, continuam a
praticar as mesmas imperfeições de há um, dois ou dez anos atrás, se continuam a
sentir-se ofendidos sempre pelas mesmas pessoas e pelas mesmas coisas, então
entenderão que esta Dispensação não vos pode ser aplicada. No entanto, nada se perde
irrevogavelmente. Se realmente decidirem abandonar a vossa parte irreal e se
manifestarem, todos os dias, a disponibilidade para o fazer, então tudo vos será reaberto.
Sentirão a chama violeta regressar à vossa vida e a ajudar-vos a libertarem-se das
imperfeições. No final, tudo é determinado pela vossa aspiração e motivação interiores.
Gostaria de vos lembrar que a leitura dos decretos e de orações não é o essencial. O
essencial será o desejo de se libertarem do ego e de dedicarem a vossa vida ao serviço
da Lei Divina. Esse desejo pode ser realizado através de qualquer acção ou situação que
enfrentem na vida. Através dessas acções e atitudes com os outros e o mundo em redor,
podem esgotar o karma de forma tão eficaz como com a leitura dos decretos. Vocês
fazem as vossas escolhas em cada momento da vida. E das duas uma: ou esgotam o
karma anterior ou criam um novo.
E nenhuma prática espiritual ou oração por mais perfeitas que sejam trarão quaisquer
benefícios para a vossa evolução espiritual, se forem executadas com objectivos
egoístas ou levianos, para vós ou para os que vos são próximos.
Há apenas um motivo verdadeiro para iniciarem uma prática ou metodologia espiritual.
O desejo de se libertarem do ego e de se aproximarem de Deus, com o objectivo de O
servir bem como todos os seres vivos. Se iniciarem qualquer prática espiritual com
qualquer outro objectivo, então criam karma.
O mesmo princípio da dualidade, inerente ao vosso mundo, funciona também na esfera
espiritual e na esfera religiosa. E, muitas vezes, uma pessoa devota do ponto de vista
humano, que frequenta regularmente os serviços e cerimónias de uma igreja, encontrase
numa etapa mais inferior da sua evolução espiritual do que alguém que nunca
frequentou os cultos da igreja, mas tem uma correcta motivação interna e aplica na sua
vida os ensinamentos que foram transmitidos por Jesus e outros instrutores da
humanidade.
Não será uma grande revelação se vos disser que há muito mais pessoas espiritualmente
avançadas fora das confissões religiosas do que entre as que agem nos quadros de um
determinado sistema religioso.
Dei-vos hoje informações suficientes para pensar. E aproveitei a oportunidade para vos
dar novas informações sobre as mudanças que as nossas Dispensações anteriores
sofreram até agora.
EU SOU Surya do Grande Sol Central. Om.

Fonte: Canalizações da Grande Fraternidade Branca Universal
Por Tatyana Mickushina


@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Nenhum comentário:

Postar um comentário